Manaus, 10 de Dezembro de 2017

 

 

Fortalecer a família,

Um projeto de Deus.

 

A família sempre foi e continuará sendo um projeto de Deus e acreditamos que ela é instrumento para comunicar as respostas que a nossa geração busca. Desta convicção emergem inúmeras razões para defendermos e fortalecermos as famílias hoje. Uma delas é a necessidade de construir famílias saudáveis, criando os nossos filhos com convicções bíblicas e conhecimento da Palavra e expondo à sociedade pluralista a nossa fé. 

A nossa sociedade está vivendo uma imposição de novas concepções de gêneros e famílias. Uma ideologia que diz que ninguém nasce homem ou mulher, mas que isso se constrói, defendendo o direito de cada indivíduo determinar o que é legítimo para si. Essa doutrinação tem chegado às escolas, confrontando o direito dos pais de orientar e simbolizar os seus filhos de acordo com o sexo do nascimento.

Mas nós cremos na concepção do Criador. A Bíblia Sagrada nos apresenta a criação do ser humano em dois sexos: “homem e mulher os criou” (Gênesis 1.27). E essa criação tinha como propósito o casamento, expresso como companheirismo, união sexual e procriação (Gênesis 2.23-25). Jesus Cristo reforçou esse princípio ao afirmar que o Criador desde o princípio fez homem e mulher, e disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne (Mateus 19.4-5). 

Os argumentos ideológicos de gênero, não se sustentam e nem encontram respaldo apresentados nas narrativas bíblicas. 

Entendemos que o Evangelho e seus princípios são superiores à cultura e que esta deve ser compreendida à luz da essência da Bíblia. 

Somos desafiados a fortalecer as nossas famílias através da cosmovisão cristã e promover os princípios bíblicos não disseminando ações preconceituosas e discriminatórias, mas reafirmando os valores divinos com o propósito de transformar pessoas por meio do Evangelho.

Pr. L. Roberto Silvado

Pastor Sênior da

I. B. do Bacacheri – Curitiba/PR

Presidente da CBB